Relogio quebrado

Olho no espelho e observo um  rosto sem idade

Abro a gaveta e resgato todas as  fotografias 

Ainda bem que existe algo que congele o tempo

Agora tudo fica fragmentado e opaco

Quem acelera as cordas do relogio do tempo

Não sabe o sofrimento do amanhã