Meu porto seguro

Sou um pequeno barco ancorado no cais da Vida

As cordas que me seguram e não me deixam partir 

são as pessoas que eu amo

O vento  me sacode bruscamente 

com aguas agitadas e  frias

Isso me faz lembrar que ja naveguei

por calmarias em noites de  luas cheia

Tudo passou rapido   e nem percebi

E quando penso em reclamar de qualquer coisa

olho a minha volta e  vejo....

varios barcos lutando contra as ondas

sem amarras  , tentando encontrar um porto seguro