Despedida anunciada

17/08/2018 20:53

Não me mande embora ao anoitecer

Prefiro sair de manha com a chuva caindo

tendo olhares atentos atraves das janelas

Buscando em cada um a pergunta

que eu esqueci de um dia fazer

 

Com os  pés gelados e descalços

e a roupa colada ao corpo frio

Dentro do peito um grito

quente e adormecido

Finalmente sinto tardiamente

 o que é o Amor